17 de jan de 2012

Golpeado Pela traição de Judas



     A noite em que prenderam Jesus foi a mais angustiante da vida do mestre. Foi a noite em que um dos seus amados discípulos o traiu. Era uma noite densa. Jesus Estava orando continuamente e esperava o momento de ser preso. De repente, pressentindo que a hora havia chegado, acordou definitivamente os seus amigos e disse-lhes: " É chegada a hora, eis que o traidor se aproxima" (Mateus 26:46)

     Se Analisarmos atentamente essa frase, veremos que ela carrega um sabor amargo nas entrelinhas. Não disse "Eis que uma escolta de soldados se aproxima", mas " Eis que O TRAIDOR se aproxima".
A dor provocada por Judas Iscariotes feria sua alma, e a dor provocada pelos soldados do sinédrio machucava o seu corpo.
     O mestre sempre tratara Judas com amabilidade. NUNCA o expôs publicamente. NUNCA o desprezou nem o diminuiu diante dos demais discípulos, embora soubesse suas intenções.
     Se estivéssemos no lugar de Jesus e soubéssemos que Judas nos trairia, nós o teríamos apontado e banido da comunidade dos discípulos. Ele Jamais faria parte de nossa história de vida, pois quem consegue viver com um traidor???
Cristo conseguiu, SIM! ELE conseguiu...
Sabia que havia um traidor no meio dos discípulos, mas o tratou com dignidade e nunca o excluiu.
     Sua atitude é impensável. Ele nem mesmo impediu a traição de Judas, apenas o levou a repensar sua atitude. Que estrutura emocional se escondia dentro desse mestre da Galiléia para que ele suportasse o insuportável? 
     Muitas ONGs (organizações não-governamentais) lutam para extinguir os crimes contra a consciência e para preservar os direitos humanos, mas JESUS foi muito além.
Não apenas acolheu leprosos, cuidou de prostitutas e respeitou os que pensavam contrariamente a ele, mas também chegou ao cúmulo de tratar com afeto seu próprio traidor.
     Mas o nosso mestre era/ é diferente, não se deixava dominar pelas contrariedades. Filtrava as ofensas e os atos agressivos que lhe dirigiam, e isso o tornava livre no território da emoção. Assim, ele podia amar as pessoas. E amá-las não era um sacrifício para ele, mas um exercício prazeroso.
    Muitos não possuem um filtro emocional. Para esses, viver em sociedade é um problema, parece-lhes impossível evitar todas as contrariedades e os atritos interpessoais, estão sempreangustiados. NÃO CONSEGUEM AMAR AOS OUTROS NEM A SI MESMOS.
Fazem de sua emoção uma lata de lixo!
    Por ter um excelente filtro emocional, o mestre Jesus sentia prazer em conviver com as pessoas, ainda que o decepcionassem com frequência. ELE amava o ser humano independente dos seus erros e da sua história.
Aquele que foi fiel à sua consciência e que ensinou seus discípulos a andarem altaneiramente  no mesmo caminho recebeu um golpe pelas costas. Judas não aprendeu a lição, foi infiel à sua consciência. A traição foi o segundo sofrimento pelo qual Cristo passou. O Seu cálice não começou na Cruz, mas no Jardim do Getsêmani.

     Quantas vezes fomos apunhalados pelas costas, e ao invés de fazer como Cristo, julgamos, somos piores ainda. Porque, Judas andava com o seu mestre, mas não o conhecia.
Ouvia as suas palavras, mas elas não penetravam nele, pois não sabia se colocar como aprendiz. Judas não precisava sujar as mãos, pois era o desejo de Jesus morrer pela humanidade.
     Judas cometeu um das mais graves traições da história. Traiu o mestre por trinta moedas de prata,  que na época representavam apenas o preço de um escravo.
     Nunca alguém  tão Grande, foi traído por tão pouco. O homem que abalou o mundo foi traído pelo preço de um ESCRAVO!
Para reflexão apenas: Mas se fosse você no lugar do mestre, ao saber que seria traído... Será que você o trataria com dignidade assim como Jesus? Como você o trataria?
Como será sua atitude de agora em diante ao se deparar com os Judas que existem no mundo.?
Pense nisso...

Que o nosso Grande Salvador, nosso mestre esteja com todos vós, hoje e sempre.

By: Dayse Monykélbia

5 comentários:

  1. Owwwwwwwww Gloria a Deus dxa Deus usa maninha...Jesus é lindo msm fik nessa força ai e dxa Deus ser Deus q tudo isso q tu escreveu tu vai prega ainda cm sua boka em nome d Jesus cm mais autoridade e unçao, sabedoria e ousadia....Paz

    Ruan...

    ResponderExcluir
  2. nossa adorei me fez refletir em muita coisa. ja parei muito pra pensar sabe nao so o motivo que jesus teve porque ele teve uma escolha mais mesmo assim ele veio sabendo o que o aguardava mais ele veio,dar a sua vida por todos nois e mesmo assim somos ingratos em nao retribur.Ele provou que o ser humano pode ser forte e pode ser mais que um ser pois Deus nao nos olha como uma criasao e sim como filhos o que um pai quer pra um filho? so o melhor aprendi em toda minha vida que todos somos chamados por Deus mais cabe a nois,so mente a nois escolhermos se queremos ou nao aqueles que escolhem este caminho sao vitoriosos e mais tambem lutas lutas que mostra como somos fortes Deus criou o homem a sua imagem e semelhansa so isso ja nos mostra o tanto que ele nos ama
    e saber que existe grandes guerreiros pra luar por isso ja mostra que a morte de Jesus Cristo nao foi em vão!!

    ResponderExcluir
  3. Nós como cristãos devemos dar exemplo de amor ao próximo,sei que é dificil falar,mas devemos saber perdoar diante de uma traição que seja .por que ao invéz de julgar devemos ajudar,ao invés de atirar pedras devemos estender as mãos. Nós amamos, porque ele nos amou primeiro. Se alguém diz: Eu amo a Deus, e odeia a seu irmão, é mentiroso. Pois quem não ama a seu irmão, ao qual viu, não pode amar a Deus, a quem não viu.
    1 João 4:19-20

    ResponderExcluir
  4. Nossa que linda mensagem...
    Eu não teria essa mesma atitude, como diz o mundo não teria sangue de barata, mais olha como a sabedoria faz a diferença um simples homem com tanta sabedoria sobe guiar essa situação. Uma vez ouvi uma frase do meu pastor: "Tudo que DEUS faz e por um propósito", bom DEUS teve um propósito de proporcionar essa situação, imaginamos se fosse nos no lugar de Jesus, sem tanta sabedoria nunca que conseguiríamos amar Judas como Jesus amou...
    Eu não saberia tratar com dignidade eu não conseguiria viver.

    ResponderExcluir