14 de jan de 2013

Nossa missão e o zelo à pregação


Após sua ressurreição, Jesus aparece aos discípulos antes de ser assunto aos céus, conforta seus corações e lhes dá uma missão registrada em Marcos 16:15, “preguem o evangelho a toda criatura”. Desde então muitos deram suas vidas, enfrentaram leões, abandonaram filhos, cônjuges, pais e se envolveram nesta que é a principal missão da igreja. No entanto, uma vez envolvidos neste ofício, precisamos compreender que ao anunciarmos o evangelho de Cristo, tornamo-nos representantes dele diante dos homens. 
A igreja atual tem presenciado uma das piores fases no que se refere ao seu posicionamento ante a sociedade e cumprimento do seu encargo. De forma geral, a igreja deixou de ser um ambiente de adoração e refrigério e passou a ser vista como um lugar de entretenimento, projeção de imagens individuais e barganhas. Portanto, não somente por estas coisas, mas por compreensão de que fomos vocacionados para uma missão especifica e por zelo pela boa pregação do evangelho, é urgente a necessidade de pregar a palavra não omitindo suas verdades.
A igreja de Cristo foi estabelecida pelos escritos dos apóstolos e pelo empenho deles em anunciar com excelência e honra o evangelho de forma genuína. Porém, agora, repousa sobre nós esta responsabilidade de proclamá-lo de forma simples e pura a todos os homens.


Texto de Thiago Nascimento

Um comentário:

  1. Bem legal a sua atitude de ter um blog falando sobre a palavra.
    Otimo post

    Beijos

    ResponderExcluir