30 de jul de 2013

Contextualizando o hino Sou Feliz

Sou feliz é um dos hinos, talvez, ainda mais cantados hoje, ou melhor, regravado, apesar dos hinos estarem sumindo da igreja, mas não quero falar disso, não quero parecer um tradicional conservador hinólatra.

É verdade que, além da letra, a historia da composição é maravilhosa. No entanto, acho que a letra está meio descontextualizada, afinal, ela foi escrita em uma época muuuito diferente de hoje, muita coisa mudou de lá pra cá. O momento da igreja é outro, agora temos novas experiências, novos “mover”. E penso que por este motivo a letra não chama mais atenção dos crentes mais jovens, assim como eu. Então resolvi dar uma contextualizada na musica.

Vejam como ficou

Sou Feliz

Se vitória a mais doce me deres gozar
Se benção a mais forte tiver,
Oh! Seja o que for,
Tu me fazes saber
Que feliz com minha benção sempre sou!

Sou feliz (sou feliz)
Com minha benção (com minha benção)
Sou feliz com minha benção, sempre sou!

Agora eu esmago com meus pés à Satanás
E saqueio do inferno as almas;
Oh! Certo eu estou, com vitorias nas mãos,
Que feliz, eu determino com minha benção!

Sou feliz (sou feliz)
Com minha benção (com minha benção)
Sou feliz com minha benção, sempre sou!

Não tenho pecado, santo agora eu sou
No mistério eu vou pular;
Tenho vários dons,
Oh! Dons sem igual
Sou Feliz! Graças dou no mistério!

A vinda eu espero do meu Salvador,
Em breve virá me levar
Ao céu onde vou galardões ganhar
Com vitorias eu vou chegar lá

Letra Original

Leandro Schoen

Um comentário: