27 de fev de 2012

Fé que contradiz a vida

     



       É fato que a nossa caminhada é de fé, o nosso existir com Deus é mediante a nossa confiança em seu poder e nós crescemos na vida e no relacionamento com ele através do uso diário dessa capacidade que ele nos dá de crermos nele tanto para salvação quanto para nossa redenção e vida. Falando de fé então colocarei algumas coisas que vão nos ajudar a discernir quando estamos andando pela fé ou quando não, fatores que são determinantes e que caracterizam o teu relacionamento com Deus como sendo através da confiança no Senhor.
      Primeiro: a caminhada de fé implica que nós não dependamos de quaisquer recursos sejam eles materiais, intelectuais, influências, seja como for você deve se colocar diante da vida dependendo apenas de Deus e do seu amor por você não importando o muito ou pouco que você tenha. A caminhada da fé exige que você considere como Apóstolo Paulo que considerou a sua influência como fariseu, e o seu recurso intelectual como Refugo ou lixo para viver na simplicidade de cristo, e isso é fé na justiça de cristo para a sua vida.
     Segundo: A caminhada que nos é proposta por Deus é que nós, mesmo em meio ao medo, as incertezas, e o desconhecido não paremos de andar e nem de olhar para frente. Tomar atitudes de fé para caminhar com inseguranças dentro nós é necessário para o desenvolvimento da sua fé e consequentemente da sua relação com o nosso Pai, a fé sempre deverá ser maior do que o medo ou qualquer sensação inibidora que possa parar você. Quer uma dica? tem medo? ande devagar, cuidadosamente, mas nunca pare, caminhada é pra frente.
     Terceiro: A fé tem que ser até quando o milagre não acontece, ou seja, não importa o que acontecer você continuar crendo é importante para que a fé seja em Deus e não na possibilidade do milagre, da cura, ou de qualquer outra demanda da sua vida. A fé que crê no milagre é fraca, ela é fé quando nada acontece à sua volta e você continua crendo que Deus é.

     Andar pela fé é contradizer a vida, é mudar o curso de um rio, é ser como Abraão que creu contra a esperança de ter um filho, pois ja era velho e avançado de dias, ter fé é chorar e ser bem-aventurado ao mesmo tempo. Contradiga a vida!


 Paulo Gustavo 

Um comentário: