3 de jun de 2014

O corpo de Cristo está doente?

     Bom meus amigos gostaria de fazer alguns questionamentos analisando a atual situação da igreja evangélica hoje. Se você acha que está tudo bem, que a igreja tá crescendo, que o "melhor está por vir" ou coisas do tipo esse texto não é para você, pois a premissa básica que me faz refletir é que as coisas não  vão bem, e a partir dai questionar se de fato o corpo está mesmo doente, ou se está tudo bem. 
     Definimos mais basicamente o corpo de cristo como os crentes ao redor do mundo, os cristãos, que fazem parte da igreja universal em todos os tempos, que é composta de pessoas e não de instituições, apesar das pessoas moverem as instituições, mas pra resumir pensamos corpo de cristo como pessoas  cristãs.
     Temos visto uma situação deplorável, um nível ético horroroso, nenhuma influencia na sociedade e no mundo, baixíssimo conhecimento da palavra, falta de amor, misericórdia, e o pior: As pessoas não tem a menor consciência disso, acham que sabem, acham que  tá tudo bem, porquê o numero de evangélicos tá crescendo, que "Deus tá falando", e por ai vai. Entendo que a pior doença é quando não sabemos o quanto estamos mau, pois dai não sentimos necessidade de cura, o pior cego é aquele que não vê. Temos visto      Gente completamente analfabeta quando o assunto é Jesus e reino de Deus, para não falar em tantas outras coisas que vemos por ai, mas gostaria de questionar se realmente o corpo de cristo é doente ou não, se existe possibilidade de ele padecer tantas coisas tendo o cabeça de tudo que é o Deus-homem revestido de toda autoridade e assentado a destra de Deus.
     Existem dois caminhos para pensar se o corpo de cristo está doente, dependendo de qual definirmos veremos se realmente cristo está doente ou não. Se corpo de cristo é a igreja evangélica que vemos hoje, se Deus se manifesta por ela, se Deus intervêm e se preocupa com esses grupos, eu diria que sim Deus está com o seu corpo doente, padecendo enfermidades, carecendo de ajuda, morrendo, moribundo, falido da vida e da caminhada, Mas caso a igreja de Jesus, o corpo de cristo seja formado por pessoas do bem, da justiça, do amor, da simplicidade, da misericórdia, pessoas que dão a vida pelo próximo, se preocupam com o bem comum, com a sociedade, não constroem barreiras em tornos de si, mas se envolve com tantos quantos puderem, eu diria que se o corpo de cristo  não está doente, ele apenas não é a babilônia evangélica que está diante de nós, não são nem de perto os que Deus tem pra si.
     Como o Reino de Deus não vem com aparência exterior nós não podemos ver a ação de Deus, pois não é multidão, não é maioria, não constroem grandes templos, nem tem representação política e midiática, podemos estar desanimados por nos vermos sozinhos numa luta grande pela simplicidade, mas temos que crer que Deus sempre tem os seus que não se dobram à processos religiosos, que sabem discernir a maldade com aparência de bem e bondade, e que tratam tudo com a humanidade que se merece.
     Eu concluo que definindo a igreja como pessoas do bem, da paz, da justiça como é o Reino de Deus ele sempre está de pé e forte e vai continuar triunfando sobre o mau, eu estou feliz, mas caso ele seja feito de crentes, evangélicos, gospel, em fim.. não preciso falar que estou mau. Prefiro continuar não me identificando com esses grupos e seguir o discipulado direto, pois creio na definição de que o corpo são pessoas de fé ao redor do mundo e não necessariamente da religião. #paz

0 comentários:

Postar um comentário