4 de abr de 2016

Sabedoria de Deus ou Intelectualismo mundano?

Nesse mundo pós-moderno há alguns conceitos de sabedoria, ela chega a ser confundida com o intelectualismo, e como estamos na era da informação, onde as pessoas tem acesso a saberem um pouco de tudo, minam por todos os lados ditos sábios, pessoas que entendem sobre tudo. Trazendo pro contexto do Cristianismo mesmo com tantos “sábios” entre nós a situação da igreja tem permanecido na mesma, me arriscaria a dizer em uma nova Era das Trevas, por mais que haja informações, mesmo com o avanço do interesse teológico, há uma nuvem escura de praticas que manifestem o Reino de Deus. Pela situação atual é clara a inutilidade dessa sabedoria confundida com inteligência. A inteligência é a capacidade de aprender, compreender facilmente as coisas, já a sabedoria é como se aplica seu conhecimento de forma sensata, Aí encontramos o problema, pois é, dificultoso colocar toda a informação em prática, e mais difícil ainda é quando no cristianismo encontramos os famosos sabichões, aqueles que alardeiam uma falsa sabedoria acerca das coisas de Deus, quando na verdade o que se tem é sabedoria mundana. Em Tiago 3:15 nos diz que a sabedoria que produz arrogância, sentimento faccioso, ela é terrena, animal e demoníaca, terrena por não ser produzida por Deus, animal por que é sem entendimento, uma estultícia inata, demoníaco por ser ferramenta do inimigo para o não avanço do Evangelho. Essa tríade de Carne, mundo e o Diabo mostra-nos como essa sabedoria é um desserviço ao reino de Deus. Mas mesmo em meio esse caos de intelectualismo mundano o Senhor nos chama em sua palavra para receber sua sabedoria, Se algum de vos necessita de sabedoria peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente... Tiago 1:5. É dessa sabedoria que nós como igreja precisamos, pois a sabedoria que vem do alto é pura, pura por não se contaminar ou diluir, ela é pacifica por produz paz e ensinamentos claros, ela é indulgente por está disposta a perdoar, ela é tratável por estar aberta a ser corrigida por Deus em sua palavra, ela é plena de misericórdia e bons frutos por expressar em amor e produzir ensinamentos eternos, imparcial e sem fingimento, Tiago 3:17. Essa sabedoria do alto é que nos fará tomar decisões e fazer aplicações pessoais a luz das Escrituras, assim manifestando o nosso caráter cristão pra glória de Deus e testemunhando aos incrédulos. A verdadeira sabedoria nos levar a centralizar Cristo em nossas vidas, a sabedoria que Deus nos concede nos revela quem Cristo é, e em que lugar devemos O colocar em nossas vidas, só a sabedoria que vem de Deus pode transformar o nosso coração, a sabedoria que emana de dentro pra fora e que revela a graça regeneradora de Cristo. Um apelo aos jovens amantes do conhecimento que faço, busquem a sabedoria que vem de Deus, pois ela produzirá frutos de justiça e misericórdia, nunca vamos saber de tudo, nós conhecemos em parte, mais um dia conheceremos por um todo, e nessa esperança caminhamos humildemente a aprender com o nosso mestre, pois Dele vem toda sabedoria. Com graça, Patrícia Alves.

Um comentário: