4 de jul de 2012

Onde fica Sião?


Imagino  o Senhor Jesus sentado em seu trono. Miguel se acha à sua esquerda e Gabriel, à direita. Estão lá no céu, fazendo o que fazem todos os dias: enviando uma cura aqui, um milagre ali, e muito mais. De repente, o Senhor faz um movimento com a mão, que todos já sabe que quer dizer "Silêncio". O coro angelical pára de cantar: os músicos celestiais cessam os instrumentos e há um silêncio total.

O Senhor se levanta do trono e chega à sacada dos céus para ver o que está acontecendo. Nota-se que ele está escutando algo. Gabriel e Miguel se entreolham, já sabendo do que se trata. É que isso já ocorreu muitas vezes durante o tempo que estão com o Senhor. Então ouve-se o som de um cântico:

"Gozarei, me alegrarei. E cantarei ao Senhor. Porque chegaram as bodas do Cordeiro de Deus"

O Senhor se aproxima de Miguel e lhe diz;
- Estás escutando isso?
- Sim, Senhor, responde Miguel. Como é belo!
- Sabia que são meus filhos? - indaga o Senhor.
- Sim, Senhor, replica o anjo, aqueles que compraste com teu precioso sangue.
O Senhor se retira outra vez para continuar escutando o cântico que agora sobe até ele:

"E à sua esposa, lhe foi concedido, que se vista de fino linho, linho limpo e resplandecente, para receber o Rei."

Em seguida, aproxima-se de Gabriel e lhe diz:
- Gabriel, sabes que quem está cantando para mim é minha esposa?
- Sim, Senhor, responde Gabriel. E como está se tornando bela! Quase não aguentamos esperar que a tragas para cá, para que esteja ao teu lado, por toda a eternidade. Tomara que logo possamos festejar esse grandioso casamento que planejaste há tanto tempo!
- Sim, diz o Senhor, já que está quase na hora. Mas escuta isso. Não é maravilhoso?
- Sim, Senhor, diz o anjo. É um cântico magnífico!
Neste instante, o volume da canção subiu e mudou um pouco;

"Filho de Deus, receba hoje, toda a glória, a honra e o louvor."

E por diversas vezes, a igreja, a noiva amada do Senhor, repete o cântico. Nessa hora, o Senhor não reprime mais sua vontade e, voltando-se para Gabriel e Miguel, lhe diz:
- Com licença, rapazes, mas tenho que ir lá para esse lugar, onde estão cantando para mim e me adorando. Prometi que, toda vez que me louvassem, eu estaria no meio deles e lhes daria pão, vinho, azeite, prosperidade. Disse-lhes que lhes tiraria todas as dores e regaria sua alma com meu frescor e com meu Espírito. Depois nos vemos. Vou lá

E nesse momento, ele desce ao Sião que nós construímos para ele. Oh, meu irmão, minha irmã, não sei se você pode sentir o gozo, a satisfação que sinto agora, enquanto escrevo estas linhas. É maravilhoso saber que cada vez que temos a oportunidade de bendizê-lo, exaltá-lo. E onde ele está, muitas bençãos são derramadas. Você crê nisso?

Adoremos - Marcos Witt

0 comentários:

Postar um comentário