29 de jan de 2013

Caiu na rotina?

Oi gente! Quanto tempo!! Já de início justificarei minha falta da semana passada. Eu retornei a rotina mesmo tem umas duas semanas, essa é a terceira, ou seja na segunda semana, na terça eu já estava ficando louca. Tinha perdido o costume total e estava sob um estresse imenso! Não sabia mais o  que eu estava fazendo direito sabe? Fazer por fazer. Percebi que tinha que me desligar um pouco, quem me conhece sabe que eu estou conectada o dia inteiro, em diversas redes sociais principalmente por causa do blog, o celular ajuda muito! Desliguei e foi ótimo para mim! Desde a semana passada penso em algumas coisas para postar pra vocês: Como saber se ele(a) é a pessoa certa? Dúvida constante presente na minha vida e acredito que na da grande maioria =s entre outros. Enfim vamos ao post de hoje!


Muitos de nós, jovens cristãos, fomos criados já dentro da igreja. Levados desde muito pequenos pelos pais, não é verdade? Esse foi o meu caso e de muitos na igreja que me congrego. Que coisa boa! Nascidos na fé, uma chuva de bênçãos com certeza. Infelizmente nem sempre é assim...

Vou contar a vocês como é a rotina de um jovem lá na igreja, tipo eu, que nasci lá.

  • Segunda: Reunião de Oração
  • Quarta: Reunião da sociedade local
  • Quinta: Culto de Doutrina
  • Sábado: Reunião de Jovens
  • Domingo: Escola bíblica dominical e culto solene.
  • Segunda de novo e o ciclo continua.
Vamos ver rapidinho o significado da palavra rotina:

  1. Caminho já sabido ou habitualmente trilhado.
  2. Hábito de fazer as coisas sempre da mesma maneira
  3. Prática constante.
Rotina... O que passa na cabeça de vocês ao ler essa palavra?
Usada propositalmente acima, essa palavra me lembra... chatice, algo que eu tenho que fazer, como uma obrigação.

Mas ir para a Igreja não é só uma obrigação, é um prazer! Sim é um prazer, um prazer imenso! Que as vezes devido a acontecimentos alheios esquecemos que é um prazer.

Ir a Igreja era parte da minha rotina (falo essa palavra aqui com todo sentido de chata que ela puder ter). Chegou um período que eu estava tão mal acostumada que nada fazia sentido. Era como se eu estivesse ligada no modo automático. Acontecia tudo do mesmo jeito:

  • Segunda eu agradecia pela presença, pedia pela saude, pela família e pela igreja.
  • Quarta eu participava e ao fim do trabalho servia "comes e bebes".
  • Na quinta escutava "com atenção" só abria a boca quando solicitada.
  • No sábado orava, lia um texto e já partia para dinâmicas.
  • No domingo tinha a EBD que era um motivo para esperar o almoço, e no culto ia cumprimentar o conselho da igreja.
  • Segunda tuudo se repetia!
Está achando chato? Repetitivo? Olha que não é por acaso.

 "E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios, que pensam que por muito falarem serão ouvidos "
Mateus 6:7

 Vamos recorrer ao dicionário de novo :

  1. Vazio, oco.
  2. Sem valor insignificante.
  3. Que não tem fundamento, aparente.
O versículo fala de oração, mas hoje eu venho falar de todas as outras práticas que são feitas em vão. Quantas vezes você já tinha uma oração feita na cabeça? Ou uma frase de efeito uma justificativa já pronta para quando for solicitado? Ou repetiu tudo o que o pastor diz ao fim do culto imaginando " Nossa já decorei"? 

Tudo aquilo que é feito de forma vã, não vale a pena. É como o significado diz: aparente.
Vibrei quando essa palavra apareceu! É exatamente onde eu quero chegar, aos olhos das pessoas você está super bem! Aparentemente está tudo certo, você executa suas tarefas muito bem e ao fim todos te admiram.
Aqueles que te veem na igreja todos os dias te tem como exemplo, nutrem um respeito por alguém ''tão dedicado''. Mas será que é mesmo?

Deus conhece o teu coração e sabe onde ele está. Eu sei que isso é um problema comum e muitas vezes, passa despercebido... Acontece =x

Então dali buscarás ao SENHOR teu Deus, e o acharás, quando o buscares de todo o teu coração e de toda a tua alma. 
Deuteronômio 4:29

Lendo Deuteronômio podemos encontrar vários versículos que dizem buscai de todo o coração e toda alma. Quando usamos da vã rotina, isso não acontece. Reflita... 
Será que você está vivendo a rotina?

Vamos esquecer essa palavra,esquecer a rotina e oferecer-nos em louvor de todo coração e alma Àquele que nos amou primeiro!
Ysa.

0 comentários:

Postar um comentário