15 de out de 2014

O Reino de Deus deveria estar no Homem! aonde ele está?

   

     Escrever é bom quando temos coisas que nos incomodam e nos indignam, no período da eleição surgem uma centena de coisas dessas que tiram qualquer pessoa que tenha o mínimo de lucidez do sério, eu quero sim de uma forma bem resumida tentar passar algumas básicas orientações que com certeza podem servir de norte pra que possamos participar da sociedade de maneira mais consciente e o voto só é mera consequência de uma pessoa que discerne e saber equilibrar as coisas. Gostaria de discorrer aqui de forma não-acadêmica e bem simplificada sobre como participar bem da vida política sendo cristão e sendo coerente, não quero ser exaustivo, mas simples.

      O cristão faz política quando influencia, essa influencia pode se dar em vários níveis e de maneiras diferentes, vemos cristãos querendo ter influência apenas na política partidária e instituída, como se fosse o único meio de contribuir com a sociedade com o evangelho e princípios cristãos, a politica que vemos é apenas uma das esferas da sociedade e só dão eco aos movimentos que acontecem com demandas de grupos e mais grupos que reivindicam lá suas causas no convívio social, devemos observar que se nós não influenciamos no tecido cultural, no tecido social, doando valores, contribuindo com os significados, pouco vai adiantar a política partidária, no máximo vai acontecer essa guerra politica que coloca cristãos de um lado e outros grupos que defendem causas anti cristãs de outro, criando tensões sociais e bloqueios ainda maiores de comunicação que impedem o acolhimento necessário á evangelização. Quero tentar passar 3 níveis de influência que o cristão bem preparado pode exercer sobre a sociedade de modo a causar de fato impacto no tecido social e facilitando a impressão dos valores cristãos, esses três níveis se complementam, esses deveriam ser o nosso raio de ação.
     Nível de relacionamentos: o número de evangélicos contam por volta dos 20 milhões, se os cristãos pelo menos influenciassem com valores uma ou duas pessoas não-cristãs, nosso impacto na vida ética da sociedade seria muito mais profundo, o cristianismo com sua ética muda padrões estéticos culturais, significando dizer que valores como família, trabalho,  e religião em geral seriam o pano de fundo ou a cama aonde as pessoas iriam pautar seus ideais mesmo que não sejam diretamente religiosos praticantes, assim ocorreu em muitas nações, veja, eu falei de influenciar pessoas, não necessariamente que elas se convertam, quando se convertem melhor ainda, mas a questão é: o quanto esse evangelho que ai está tem impactado o tecido da sociedade? temos contribuído com um significados éticos melhores em nossos relacionamentos, quantos não cristãos vc  tem amizade e confiança de um modo que você é levado a sério na sua fé?
     Artes ou Produção de pensamento: As artes são importantes ferramentas na missão de tornar os valores do evangelho inteligíveis pelo não-cristão, de uma forma que aquilo possa ser absorvido por ele de maneira que entre pra linguagem daquela pessoa e ela encare o que é bom de forma que seja bom, uma pessoa poluída com uma cultura relativista pregada por muitas expressões artísticas não vai aceitar valores absolutos de caráter familiar. Quando falo Artes não me refiro a músicas gospel ou coisa do tipo, estou falando de produção de pensamento pautado nos valores judaico-cristãos não vinculados necessariamente a uma tentativa de evangelizar, mas de oferecer bons significados, isso pode ser realizado via literaturas, filosofias, pinturas, esculturas, músicas,material publicitário, jornalistico, o exemplo mais claro disso pode ser as " crônicas de Nárnia" de C.S Lewis ou a obra de J.R. Tolkien que eram literatas cristãos, também lembro de Van Gogh, Mozzart, todos esses colocaram impressões cristãs em suas obras e puderam expressar seus valores em suas atividades artísticas até hoje lembradas.
     A Politica Partidária: Precisamos "Brigar" Ideologicamente nas instancias de poder, temos perdido a batalha para o socialismo em nosso País, todos os cristãos tem obrigação de estarem preparados pra falar sobre esse assunto na sociedade, mas a igreja deve ajudar a formar e apoiar pessoas específicas a esta área tão difícil, os poucos que temos estão ali desorientados e sem ética bem definida, representando apenas agremiações religiosas, não temos gente bem preparada e vocacionada com categoria para defender os paradigmas que fizeram do ocidente o que ele é ainda que com todos os defeitos, no momento em que o cristão abre mão de participar mesmo que seja indiretamente do contexto político está dando a oportunidade de um marxista ou qualquer outro, se você não participa outros decidem por você, o que mais temos visto é cristãos sem a menor noção de política, prejudicando mais ainda  o diálogo na sociedade.

     Creio que o mapa para influencia cristã na vida em sociedade seja esse, essas são as verdadeiras regiões celestiais digamos "estratégicas"a serem ocupadas por nós para que tenhamos no mínimo um bem viver, mas que principalmente as pessoas desfrutem da vida com os significados do evangelho em suas vidas, facilitando a penetração da mensagem da cruz em nosso meio. Espero ter Ajudado.. PAZ!

0 comentários:

Postar um comentário