27 de jun de 2012

Não tema


Você já se perguntou: "Por que Deus registrou na Bíblia tantas vezes a expressão 'não tema' quando ele conhece nossa tendência de ser criaturas temerosas?". Os "não temas" de Deus não passam de outra maneira pela qual ele provê para você. Deus não quer que sua vida seja uma faina. O medo faz isso com ela. Deus não quer que você seja movido pelo medo, mas pela esperança. Ele dá a você essa esperança quando diz: "Não tema".

Você pode ser uma pessoa livre sem transigir quanto ao que você é por medo dos outros. A vida é um risco, mas o risco oferece uma ótima oportunidade de aprender a viver pela fé. O medo não será mais a força dominante na sua vida se você se recusar a deixar que ele o seja. Sua imaginação é uma das melhores dádivas de Deus para você. Use-a! Sua imaginação pode gerar medo, ou pode ser um veículo para trazer a paz e a tranquilidade de Deus para sua vida. O profeta Isaías disse: "Tu, SENHOR, guardarás em perfeita paz aquele cujo propósito está firme, porque em ti confia" (Is 26.3). Se o casamento faz parte de seus sonhos, não deixe que o medo venha a ser o companheiro de sua vida no lugar de uma pessoa especial. Se permanecer solteiro é sua opção, que seja assim, porque é a vocação de Deus para você, e não porque você tem medo.

Encontre a pessoa certa para você - H. Norman Wright

25 de jun de 2012

Paciência !?



Fala galera, graça e paz !
Pela grande misericórdia e bondade de Deus estamos nós aqui mais uma semana para compartilhar da Palavra que que nos ensina a falar, agir e viver !
Esta semana vou falar sobre algo muito 'comum' mas que muitas das vezes nos tira do serio, ainda que seja um fruto do espirito e todos cristãos deveriam ter, porém vamos crescendo e amadurecendo !
Paciência, é o assunto desta semana
Eu fui procurar um dos significados da palavra paciência e achei um bem interessante no dicionário Priberam que diz:
1. Capacidade de tolerar contrariedades, dissabores, infelicidades
E achei outro também que já conhecemos: Perseverança.

Bom, a partir desta quantas vezes já nos questionamos por este assunto, pelo motivo de muitas vezes nosso caráter está ainda sendo sedimentado nesta área, mas na verdade é que precisamos tomar Jesus como nossa paciência, pois muita das vezes somos ingratos, rebeldes, e desesperados por alguma coisa, e muitos de nós sabendo que a vontade de Deus é boa, perfeita e agradável.
O problema maior é que em muitas vezes somos como crianças mimadas e exigimos que tudo o que queremos seja realizado, esquecendo-nos da vontade de Deus, e por muitas vezes sabendo e tendo aquela insegurança, questionamos contra Deus por não querer dar-nos o que nossa 'alma' nos pede, e alguns de nós entramos em desespero pois queremos pra HOJE, e não temos paciência pra esperar o tempo de Deus, sabendo que ao tempo dele tudo é melhor.
E meus amados não só nesse âmbito, e sim nas diversas situações cotidianas que passamos diariamente como esperar alguém, estar numa fila de banco entre outras...
E dentro desse cenário muitas vezes nos pegamos resmungando, murmurando e nos queixando mas precisamos entender que temos que alcançar a plenitude da Maturidade cristã e acima se tudo parecer-nos com Jesus que é o modelo perfeito.
Existe uma outra esfera na qual também podemos se firmar que é a de I Crointios 13, onde fala-se sobre o Amor, e também podemos constatar que a paciência está inserida no Amor, logo entendemos que quando amamos somos pacientes, a nossa paciência responde por nosso amor.
A impaciência produz frutos desagraveis que envenenam não só nossa pessoa e sim quem está ao nosso redor, a impaciência é uma toxina que precisamos remover do nosso caráter para não comprometermos o reino a qual pertencemos!
Jamais devemos esquecer que representamos um Reino que não pode ser denegrido, e isso é algo muito serio, repense seus conceitos e tome Jesus como sua Paciência!


ESPERA tu pelo Senhor; anima-te, e fortalece o teu coração; ESPERA, pois, pelo Senhor.
Salmos 27:14

E não somente isso, mas também gloriemo-nos nas tribulações; sabendo que a tribulação produz a PERSEVERANÇA, e a PERSEVERANÇA a experiência, e a experiência a esperança;
Romanos 5:3-4

Meus irmãos, tende por motivo de grande gozo o passardes por várias provações, sabendo que a aprovação da vossa fé produz a PERSEVERANÇA; e a PERSEVERANÇA tenha a sua obra perfeita, para que sejais perfeitos e completos, não faltando em coisa alguma.
Tiago 1:2-4

para que não vos torneis indolentes, mas sejais imitadores dos que pela fé e PACIÊNCIA herdam as promessas.
Hebreus 6-12

E assim, tendo Abraão esperado com PACIÊNCIA, alcançou a promessa.
Hebreus 6 -15

E lembre-se sempre que a Paciência é a consequência do Espirito de Deus que habita naqueles que nasceram de novo, então se você não tem algo está errado!

"Mas o Espirito de Deus PRODUZ o AMOR, a ALEGRIA, a PAZ, a PACIÊNCIA, a DELICADEZA, a BONDAD, a FIDELIDADE, a HUMILDADE e o DOMÍNIO PRÓPRIO."
Gálatas 5 - 22,23

Tenha uma semana abençoada na presença do Senhor Jesus Cristo e na companhia do Espirito da VERDADE!




21 de jun de 2012



* GENTILEZA GERA GENTILEZA*









Olá eu sou o Antônio Pereira, e estarei compartilhando com vocês um pouco do que Deus tem me ensinado. Espero verdadeiramente que vocês sejam alcançados através dessas "revelações", Paz!




"E dizia Jesus: Pai, perdoa-lhes, porque não sabem o que fazem... "
Lucas 23:34  


      Por diversas vezes já ouvimos esse versículo em sermões, em livros, e até mesmo em posts. E Deus tem mostrado nele coisas que nunca havia enxergado. É incrível e admirável vê as palavras que Jesus usou  como resposta para pessoas que queriam crucifica-lo injustamente, pessoas que preferiram soltar uma pessoa que tinha cometido crime contra a ordem pública e até cometido homicídio  (Lucas 23:18-19) 
Jesus compreendeu as limitações humanas. Entendeu que o ser humano só domina o mundo externo e ainda assim com dificuldade. 
 Qual normalmente é nossa postura quando somos acusados injustamente ? O que fazemos quando vão contra nós? Queremos provar nossa inocência, desmentir e até mesmo acusar os que querem nos crucificar.
 Somente alguém que conhecia as limitações humanas em suas raízes mais íntimas poderia amar incondicionalmente o ser humano numa sociedade saturada de preconceitos e discriminações. Somente alguém que penetrou na entranhas da alma poderia perdoar e dar tantas chances quanto fossem necessárias para alguém começar tudo de novo.
  Em uma terra de exclusão , Jesus acolheu. Em uma ambiente social onde uns queriam estar por cima dos outros, Ele só admitiu estar acima das pessoas quando cravado sem piedade na cruz. Ninguém foi tão grande como Ele e ninguém se fazer tão pequeno.
 Um pai nunca será um grande pai se não aprender a se curvar e penetrar no mundo dos filhos. Jesus se fez pequeno para tornar grandes os pequenos. 
  Você consegue se fazer pequeno para alcançar as pessoas que não têm o sei nível intelectual ou sua experiência de vida? Não adianta criticá-las. A crítica sem afeto angustia e controla a abertura da memória das pessoas a quem é dirigida. É necessário valoriza-la para que haja cura em seus interiores. Assim, nossas palavras se tornam capazes de arejar a emoção dos outros. Nem Jesus com todos os motivos quis o mal de seus acusadores, porque sabia seu verdadeiro valor. 
  Talvez seja mais fácil para nós trabalhar com pessoas de fácil relacionamento. Talvez você quisesse ter filhos menos complicados alunos menos problemáticos, colegas de trabalho mais receptivos e abertos. Mas nunca se esqueça de que vários nomes de sucesso da atualidade foram no passado muito difíceis. Porque tiveram sucesso ? Porque alguém investiu neles. As pessoas mais problemáticas poderão ser as que mais lhe darão alegrias no futuro. Jesus quis trabalhar com pessoas difíceis para mostrar que vale a pena investir no ser humano. Trabalhou pacientemente os que eram considerados escórias da sociedade, e eles ,aprenderam a arte de amar. Ensinou-lhes que nas pequenas coisas se escondem os mais belos tesouros. Invista na sua vida e na vida de outros!
  Esse é o único investimento que ganha sempre, mesmo quando perde. Ainda que as pessoas que você carinhosamente cuidou o abandonem, um dia eles voltarão, pois as sementes tardam mas não deixam de germinar . Confie nas sementes. 

20 de jun de 2012

Alguém?


Em vários textos, a Bíblia compara nosso relacionamento com o Senhor ao vínculo matrimonial. A igreja (nós) é a noiva do Cordeiro (Jesus). E num dia glorioso, haverá o maior dos casamentos, quando nos uniremos a ele, e estaremos com ele por toda a eternidade. Pois bem. Se, de fato, somos a noiva, vejamos como ela se comporta:

O Amado vem e diz:
- Me dá um abraço!
A noiva (nós) lhe responde:
- Depois que acabar de lavar a roupa de teus filhos.

Novamente, o Amado vem e nos pergunta:
- Agora, podes me dar um abraço?
Nós (a noiva) lhe respondemos:
- Assim que terminar de preparar e dar essas mamadeiras para teus filhos, Senhor.

A noiva está sempre lavando, passando, cozinhando, trocando fraldas, embalando as crianças e dando-lhes comida. Ela arruma a casa, fala aos vizinhos (evangeliza) sobre o esposo maravilhoso que tem, entoa hinos sobre ele para todo mundo e exerce outras atividades boas e admiráveis. Contudo, não tem tempo para estar com ele. Quando o dia termina, estamos tão cansados de tantos "afazeres", que nos jogamos na cama para descansar e recuperar as forças. No dia seguinte, continuamos com a mesma rotina. Todas as manhãs, acordamos, fazemos uma oração mais ou menos assim:

-"Senhor, abençoa este dia e minha agenda. Por favor, procura entender que estou tão ocupado com teu trabalho, que não terei tempo de estar contigo."
O que fazemos é apresentar nossos planos a Deus para que ele os autorize. O que deveríamos fazer é perguntar: - "Qual é a tua agenda para mim hoje, Senhor?"

Não me sai da mente, a imagem de um Deus terno e amoroso, desejando ter relacionamento e comunhão com sua amada. Ele caminha de um lado para outro, procurando, chamando, falando ao coração, esperando que alguém se detenha um pouco para dar-lhe um abraço pelo qual Ele anseia.

Será que encontrará alguém?


Adoremos - Marcos Witt

18 de jun de 2012

Cristãos 'Meninos'!?



Olá meu caro leitor, após algum tempo fora estou voltando para compartilhar da PALAVRA VIVA E EFICAZ que nos faz progredir na Fé e AMADURECE-NOS trazendo-nos a revelação da essência de Cristo!
Graça e Paz !

Esta semana vamos compartilhar de um assunto que tenho observado durante muito tempo na 'igreja', coisas bobas mas que nos impedem de progredir na fé.
Como a Palavra diz em Oséias:
"O meu povo perece por falta de CONHECIMENTO."

Lembro-me bem que Paulo sempre alertava e enfatizava aos irmãos em Efeso, Tessalonica, Corinto e em tantos lugares onde passou, pelas fofocas, disse me disse, o irmão não me cumprimentou, o irmão não falou comigo, eu faço e ele não faz, o irmão não é capacitado pra isso ou pra aquilo, enfim varias questões complexas que mexem com o coração dos 'cristãos meninos'.
Desculpe-me pelo termo, mas o que Paulo disse foi pra ser Adulto no modo de pensar, e ser criança para aquilo que é mau, mas muitos cristãos tem trocado essa Palavra, e por vários motivos tem se preocupado muito com o irmaozinho, e por muitas vezes algum projeto não funcionar, se isenta de culpa e muitas das vezes o primeiro a pagar o pato é pastor, ou aquele irmão por quem EU tenho antipatia. Sabe é estarrecedor abordar tamanha infantilidade dentro das igrejas, por um simples motivo: Falta de Conhecimento.
Infelizmente nós, muitas vezes não colocamos a prova aquilo que nos é oferecido, e as vezes até mesmo conhecemos mas nos tornamos tão orgulhosos que começamos a julgar todo mundo, e PROCURAR erros, julgar, criticar mas o qur precisamos mesmo é amadurecer meus queridos, até porque o CRISTIANISMO tem sido desmoralizado por CASCUDOS que estão há trilhões de anos na Igreja mas ainda se comportam como crianças, e porque observamos tanto o próximo e na maioria das vezes nos isentamos de culpa?
Sinto em dizer que isso é atitude de meninos, crianças que são assim !
A Maturidade Cristã era uma das coisas que Paulo mais anelava e por isso exortava por onde passava, pois a imaturidade da Igreja prejudica o Reino, e compromete o projeto de Deus, que é trazer todos pra si. Portanto devemos reavaliar nossas atitudes infantis, religiosas, julgadoras e muitas das vezes hipócritas para falar que é filho de Deus .
Pois é constrangedor quando vemos algumas pessoas que se auto-intitulam filhos de Deus e possuem atitudes de filhos do Diabo, é duro haver um sacrifício de sangue por mim e por você e nos depararmos com tais pessoas.
Sabe, pergunte a si mesmo se você tem ajuntado ou espalhado, colaborado ou tem desagregado.
O Crescimento do Corpo precisa de Maturidade, a 'igreja' que não amadurece cresce com mazelas na alma, e jamais vai romper ou ter um respaldo ou até mesmo respeito da sociedade. Precisamos ser íntegros, Santos, Comprometidos e Maduros para alcançarmos a Plenitude de Cristo em nossas Vidas!

"Fale menos, Faça mais."

Deus te abençoe !
Shalom

15 de jun de 2012

3 erros que cometemos ao ler a Bíblia.

A Bíblia é o livro dos livros dentre todas as literaturas do mundo, esse  conjunto de pequenos livros ou uma biblioteca,  é considerada  a palavra de Deus pelos cristãos, sendo também a obra mais traduzida, vendida, estudada, e lida do mundo ainda que proibida em muitos países. As mensagens e as afirmações feitas de Gêneses a apocalipse são objeto de grandes debates e discussões, e eternos confrontos sobre interpretação sobre verdades ali contidas. O que não faltam são teses e teorias criadas em torno desse livro que pra uns é tão enigmático e pra outros é tão claro.
O Brasil é um país com um senso de liberdade que beira a libertinagem, que tem uma cultura de superstição gigantesca, numa vocação mística bastante grande,  esses sintomas histórico-culturais vão tentar a alterar a visão que se deve ter das escrituras, por isso vejo muitos erros quando nos debruçamos sobre os oráculos divinos para ler e entender o que ali está escrito como um texto e aquilo que nos alcança como palavra em nosso coração, pelo menos três vícios ocorrem muito no nosso cotidiano.
                O primeiro erro clássico que cometemos ao nos dirigirmos a Biblia é vê-la como um mero conjunto de dogmas, regras, ou leis, um monte de sim e não, permissões e proibições, pode ou não pode, isso nos impede de sermos alvo do Espirito da palavra e o máximo que acontece é a possessão por parte de um espirito religioso que reprime e aumenta as pulsões que são potencializadas pelo desejo que por ser proibido se torna mais “gostoso”, fazendo então com que ganhemos toda aparência moral-religiosa, mas sem essência ética que é gerada na consciência livre em cristo. Cria-se portanto um circulo vicioso de pecado e culpa, pecado porque esse modo de ver não tem valor contra a sensualidade, e culpa pelo fato de que a sua moral-religiosa reprova tal atitude, esse processo é adoecedor para a alma.
                O segundo equivoco é o de ter a bíblia como um livro de prognósticos, ou seja, de previsão de acertos de um dado evento. Os  egípcios buscavam os prognósticos para as suas decisões  através dos astros, daí vem a astrologia. A palavra de Deus não dá prognósticos  e sim oferece princípios norteadores de decisões que devem ser observados todos os dias e não só em momentos de uma ou outra decisão que você  julga importante se orientar em Deus. O que transforma a sagrada escritura em um livro de prognósticos é a consulta eventual, pois como eu disse é uma previsão de acerto sobre um dado evento, a bíblia é para ser o nosso condutor todos os dias, sendo necessária a internalização desses princípios, para que esses princípios encaminhem nossas decisões e nossas decisões nos levem a cumprir os propósitos de Deus.
              A terceira forma errada de ver a palavra de Deus é como se fosse um livro mágico, com fórmulas mágicas, aonde se faz uma alquimia de ingredientes difíceis de se encontrar aonde a  eficácia é garantida como se fosse um feitiço. O que  isso quer dizer?? As vezes pensamos que nela vamos encontrar algum método novo, alguma coisa diferente, ou alguma inovação, esquecendo que ela é o próprio método , ela é a única realidade, e não requer  inovações porque ela é nova sempre sendo as suas orientações  eternas e universais. O nosso inconsciente corrompido por tais culturas não nos permite ver que nós estamos sempre correndo atrás de invencionices que dão o nome de modernidade, mas  que só  nos afastam da simplicidade que a bíblia apresenta. Sendo assima a bíblia é para nós um alimento como arroz e feijão sem grandes mistérios, e nessa simplicidade  devemos digeri-la cotidianamente, Isso deverá ser Saúde para o nosso corpo e refrigério para os ossos.

14 de jun de 2012

O Tempora, O Mores: Sobre o Inferno

Eu creio que o inferno existe, mas não tenho o menor prazer ou satisfação secretos ou públicos quanto a este fato.

Eu creio que o inferno é eterno e agradeço a Deus que não me deu condição de entender plenamente o que significa sofrer eternamente, senão eu entraria em crise.

Eu creio que só escaparão de ir para o inferno aqueles que creram em Jesus Cristo como único e suficiente Salvador, o Filho de Deus que veio ao mundo morrer por nossos pecados. Os que nunca ouviram falar de Cristo não são exceção, pois não há inocentes diante de Deus, conforme Paulo ensina em Romanos 1 e 2.

Eu creio que o inferno foi preparado para o diabo e seus anjos, mas não creio que o diabo já esteja lá e muito menos que ele seja o rei do inferno, onde domina e atormenta as almas perdidas. O diabo teme e treme na expectativa daquele dia em que será lançado para sempre no lago de fogo e enxofre.

Eu creio que o Senhor Jesus Cristo veio ao mundo para salvar pecadores do inferno e que Ele se entregou na cruz para isto, mas tenho de reconhecer que a maioria das citações e informações sobre o inferno foi proferida por Ele e não pelo “Deus mau” do Antigo Testamento e nem pelo “intransigente” apóstolo Paulo.

Lamento que tenho pregado pouco sobre o inferno. Lamento que nas vezes que preguei não fui mais convincente. E lamento mais ainda que são poucos os pregadores hoje que estão dispostos a falar deste assunto.

[Aos interessados, seguem as passagens bíblicas que serviram de base para este post.
Sal 9.17; Prov 5.5; 9.13–17; 15.24; 23.13-14; Isa 30.33; 33.14; Mat 3.12; 5.29-30; 7.13-14; 8.11-12; 10.28; 13.30, 38–42, 49-50; 16.18; 18.8-9, 34-35; 22.13; 25.28–30, 41, 46; Marcos 9.43-48; Lucas 3.17; 16.23-28; Atos 1.25; 2Tess 1.9; 2Ped 2.4; Judas 6, 23; Apoc 9.1, 2;  11.7;  14.10, 11;  19.20;  20.10, 15;  21.8  2.11].

13 de jun de 2012

Ah, o amor...


Quando o Paulo me falou sobre postar sobre o amor nesta semana, à princípio, não quis. Mas, acatei o pedido do "chefe", e cá estou.

Atualmente, diria que não sou a pessoa mais indicada para falar de amor e relacionamentos, entre homem e mulher. Eu acho lindo estar apaixonado. É gostoso ter em quem pensar, descobrir algo do outro (mesmo quando parece que já o conhecemos bem), briguinhas e, ao mesmo tempo, fazer as pazes. É uma delícia esse joguinho da conquista, paquera, do milk shake dividido, enfim, todas essas coisas cute, pelas quais os casais passam. Eu acho que relacionamento é isso: você estar com alguém que também quer estar com você. O sentimento mais bonito é o correspondido.

A vida não é fácil. As pessoas não são fáceis. E muitas vezes demoramos a encontrar essa "metade da laranja". Conhecemos várias pessoas que vêm e vão, e que nos dei deixam marcas. Boas e ruins. Inevitável. Quantas vezes um mesmo coração acelerou por felicidade e por aflição?! Quantas vezes um certo alguém provocou amor e ódio (mesmo que temporário)?!

Sou dessas que acredita que Deus tem aquela pessoa pra mim, que vai me fazer feliz do jeito que sou, da mesma forma que o farei também. Aquele alguém que aguentará meus defeitos, como eu também saberei lidar com os dele. Tive relacionamentos por conta própria, que não deram certo, claro. Permaneço esperando em Deus - sem ser aquela desculpa de solteiro, rs'- crendo que dEle receberei o melhor para mim. Não sei do meu futuro, mas Deus sabe. Por isso, confio na vontade dEle.

Aos solteiros, digo: Confie no melhor de Deus! Aguarde o tempo dEle, Ele fará. E aos felizardos que já encontraram seu amor: Cuide, cultive, dedique-se, valorize, eternize; faça de cada momento único e inesquecível.

6 de jun de 2012

Negativismo


Muitos anos atrás, eu era extremamente negativa. Sempre digo que se tivesse dois pensamentos positivos sucessivamente, minha mente teria cãibras. Minha filosofia era esta: "Se você não esperar que nada de bom aconteça, então você não ficará desapontado quando acontecer".

Eu tinha encontrado tantos desapontamentos em minha vida - tantas coisas devastadoras haviam acontecido comigo - que tinha medo de acreditar que alguma coisa boa poderia acontecer. Eu tinha uma perspectiva terrível e negativa de tudo. Como meus pensamentos eram todos negativos, minha boca também era e, portanto, minha vida também.

Quando realmente comecei a estudar a Palavra e a confiar em Deus para me restaurar, uma das primeiras coisas que percebi foi o negativismo tinha de desaparecer.

Em Mateus 8.13, Jesus nos diz que nos será feito de acordo com a nossa fé. A versão King James diz: ... e seja feito conforme a tua fé... Tudo aquilo em que eu acreditava era negativo, então, naturalmente, muitas coisas negativas aconteciam comigo.

Isso não significa que podemos conseguir qualquer coisa que queiramos apenas por pensar nela. Deus tem um plano perfeito para cada um de nós, e não podemos controlá-lo com nossos pensamentos e palavras. Mas devemos pensar e falar de acordo com o desejo e o plano dEle para nós.

Se você não tem ideia alguma sobre qual seja o plano de Deus para você neste momento, pelo menos comece a pensar: "Bem, não sei qual é o plano de Deus, mas sei que ele me ama. Seja o que for que ele fizer, será bom e serei abençoado".

Comece a pensar positivamente sobre sua vida. Pratique ser positivamente em qualquer situação que surgir. Mesmo que qualquer coisa que esteja acontecendo em sua vida neste momento não seja boa, espere que Deus trará o bem proveniente dela, como ele prometeu em sua Palavra.

Joyce Meyer - Campo de batalha da mente